segunda-feira, 30 de agosto de 2010

ENVERGONHADO DIANTE DO PAI


Senhor meu Pai,
prostro-me envergonhado diante de tua presença
para suplicar a tua misericórdia
por que sei que pequei tantas vezes
contra ti, contra mim e contra meu irmão
por ambição, pensamentos, palavras e obras.
Agora, pesa sobre mim
o lixo acumulado de minhas iniqüidades
que nos momentos prazerosos de minha vida
infectaram minha carne e mancharam minha alma.
Apiedai-vos Senhor,
dos remorsos que me torturam noite e dia,
eu bem sei e Tu sabes
que tudo fiz porque não te conhecia.
Hoje te peço em prece a misericórdia do perdão
com a condição que eu seja perdoado
na mesma medida que eu possa perdoar
os que me magoaram e feriram meu coração.
Senhor conceda-me aos meus olhos
a luz que preciso para discernir o joio do trigo
e assim chegar na eternidade
na irmandade dos espíritos escolhidos
com as bençãos de Nosso Senhor Jesus Cristo.
QUE ASSIM SEJA.

Jose Augusto Cavalcante

2 comentários:

  1. ESTA E MUITO DOCE,VERDADEIRA.LINDA.

    ResponderExcluir
  2. Como sempre, posto-me diante dessas belas mensagens e sinto estar orando junto ao Grande Deus.E, pedindo perdão de todos os meus pecados cometidos e em vias de cometer.

    ResponderExcluir